Destaques do Congresso em Foco

Além dos senadores Tasso Jereisatti e Ana Amélia, e do deputado Alessandro Molon, votados pelos jornalistas e internautas, a terceira lista formada por juri do terceiro setor, destacou ainda outros parlamentares que mereceram destaque nacional por sua atuação.

No senado fora incluidos entre os 5 melhores com Jereisatti e Ana Amélia, os senadores Simone Tebet (PMDB-MS), Raimundo Lira (PMDB-PB/FOTO) e Paulo Paim (PT-RS).

Da Câmara foram incluídos Luiza Erundina (Psol-SP), Mendes Thame (PV-SP), Miro Teixeira (Rede RJ) e Rubens Bueno (PPS-PR), entre os 5 mais votados ao lado de Alessandro Molon.

.
Prêmio Congresso em Foco 2017

Uma grande festa em Brasília celebrou na noite desta quinta a décima edição do Prêmio Congresso em Foco.

O evento anual premia os parlamentares do Congresso Nacional mais bem avaliados por um juri formados por jornalistas e por internautas. Este ano uma terceira lista foi criada incluindo a votação do terceiro setor: empresários, entidades sindicais, trabalhistas e acadêmica.

De acordo com o executivo Sylvio Costa, fundador do site e coordenador da premiação anual, mais de um milhão de votos foram projetados por mais de cem mil acessos pela internet e cerca de 70 jornalistas de quase 50 veículos de comunicação votaram pelo site do Congresso em Foco ao longo do mês de setembro deste ano.

A senadora Ana Amélia (PP-RS) e  o senador Tasso Jereisatti (PSDB-CE) foram os grandes vencedores no Senado, na avaliação do júri. Na Câmara, o preferido dos jurados foi o deputado Alessandro Molon (Rede-RJ).

Na votação da internet, os mais votados, em cada Casa, foram o senador Magno Malta (PR-ES) e o deputado Eduardo Bolsonaro (PSC-SP).

Já os mais bem avaliados pelos jornalistas foram o senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP) e o deputado Chico Alencar (Psol-RJ).

A coluna GPS PODER esteve lá e registrou os melhores momentos do evento.

.
Day After 2

No dia seguinte à extensa sessão de votação na CCJ da Câmara, que aprovou parecer pelo arquivamento da denúncia contra o presidente Michel Temer, por 39 x 26, ficou evidenciado que enquanto as provas forem desdobramentos das gravações do dono da JBS (que está preso) com as ações do time de procuradores que assessoravam Rodrigo Janot (e que se encontravam periodicamente com a defesa da JBS), dificilmente algum parlamentar será afastado ou cassado, quiçá o presidente da República.

Mais fácil haver algum tipo de surpresa ou traição dentro do Congresso.

A votação final da segunda denuncia está marcada para a próxima quarta no plenário da Câmara dos Deputados.

.
Day After

 

Logo após a votação no plenário do senado que derrubou a decisão do STF em afastá-lo do mandato, o senador Aécio Neves teve as suas prerrogativas parlamentares restituídas.

Mas ele só resolveu aparecer no plenário do Senado no dia seguinte. Evitou a imprensa e em rápido pronunciamento se disse “vítima de uma argilosa armação”.

Mas o ‘day after’ de Aécio será longo. Antes de qualquer coisa deverá focar em dois temas: a presidência do PSDB, da qual está licenciado, e o Conselho de Ética do Senado, onde será representado.

“Armação” ou não, fato é que vários colegas de partido entendem que ele não deve mais permanecer ‘apenas’ afastado da presidência do partido, devendo renunciar em definitivo.

Ja no Conselho de Ética, que seria pior, a situação é melhor. O relator João Alberto Souza (PMDB-MA) já adiantou que “após o arquivamento do processo contra Aécio pelo plenário do Senado, não há porque reabrir a questão no Conselho”.

O que se comenta é que na verdade, Aécio foi 'poupado' por ter virado  o primeiro da fila. Tem vários senadores de diversos partidos 'pendurados' no Supremo há muito tempo.

Se o primeiro caisse, a tendência seria a boiada toda vir junto depois....

.
De olho na depressão

A depressão é um distúrbio afetivo onde ocorre um desequilíbrio no cérebro com alterações químicas principalmente  nos  neurotransmissores (serotonina, noradrenalina e, em menor proporção, dopamina), substancias que transmitem impulsos nervosos entre as células. É considerada  o mal do século  pela OMS - Organização Mundial de Saúde e  a quarta causa principal de incapacitação da população mundial. A depressão é uma das doenças mentais e neurológicas que atingem aproximadamente 700 milhões de pessoas no mundo. Segundo o IBGE, 7,6% da população brasileira com 18 anos ou mais sofre da doença. Segundo o 2º Levantamento Nacional de Álcool e Drogas (Lenad), divulgado em 2014 pela Unifesp, entre a população mais jovem, de 14 a 25 anos, o número aumenta muito: 21% dos brasileiros têm os sintomas. Principais sinais e sintomas  da doença Desânimo, sem energia, choro fácil, cansaço, dificuldade de  realização da atividades laborais, insegurança, pessimismo, sentimento de culpa, baixo estima, diminuição do desempenho sexual, comportamentos compulsivos, irritabilidade, insegurança entre outros. Principais Causas - Fatores genéticos (histórico familiar); - Idade quanto maior a idade maior a incidência de a doença; - Distúrbios hormonais por isso mulheres  tem maior chance de desenvolver a doença; - Doenças crônicas  câncer, diabetes mellitus, entre outras; - Traumas psicológicos; - Estresse excessivo; - Medicamentos usados para emagrecimento; - Abuso excessivo de álcool e de drogas. Tratamento Muitos falam que depressão não tem cura;  isso não é verdade, hoje com avanço da medicina  e uma boa qualidade de vida  a doença  pode evoluir  com melhora significativa e controle  dos sintomas e  mesmo chegar próximo da  cura. Sabe-se  que não é uma  doença de  fácil tratamento, ainda ocorre muito preconceito com patologias psíquicas e dificuldade de tratamento  na saúde publica. O tratamento ideal é feito pelo médico especialista - psiquiatra de forma combinada com antidepressivos + psicoterapia . Existem dezenas de fármacos com ação antidepressiva no mercado. Atualmente as classes mais usadas são: -  Inibidores seletivos da recaptação da serotonina (ISRS ou SSRI) – Ex: Citalopram, Escitalopram, Fluoxetina, Paroxetina e Sertralina; - Inibidores seletivos da recaptação da serotonina e noradrenalina (ISRSN ou SNRI) – Ex: Venlafaxina, Duloxetina, Milnaciprano e Desvenlafaxina; - Antidepressivos atípicos – Ex: Mirtazapina, Bupropiona, Trazodona e Nefazodona; - Antidepressivos tricíclicos menos  utilizados devidos  aos efeitos colaterais. Fica  a dica aos  primeiros sinais  de depressão procure um especialista  para  uma avaliação médica,  pois depressão não é fraqueza, é doença. Você não tem culpa de ter depressão. Quanto mais culpa você sentir, menos vai querer falar a respeito e menos chances terá de buscar ajuda. Converse com alguém sobre o que está sentindo. Pode ser um parente, um amigo mais próximo, alguém em quem você confie. Lembre-se que, se a pessoa gosta de você, ela vai te entender e querer ajudar, e não te julgar.

.
De peito aberto

Tipo de câncer mais comum entre as mulheres no Brasil e no mundo (segundo dados do Instituto Nacional do Câncer), o câncer de mama é uma patologia  causada  pelo crescimento rápido e desordenado de células anormais do tecido mamário. Apesar de não ser tão recorrente quanto é no sexo feminino, esse tumor maligno também acomete homens. No mês em que campanhas em todo o país dão destaque ao Outubro Rosa, o GPS|Saúde adere a melhor ferramenta para combater a doença: a informação. O câncer de mama tem bom prognostico de cura quando diagnosticado numa fase precoce. A melhor opção ainda  é  a prevenção, fazendo o auto exame e consultas com o médico de rotina. Conheça os principais fatores de risco

Mulheres entre entre 40 e  69 anos; Genética (histórico familiar); Consumo exagerado de álcool; Obesidade; Doenças mamárias prévias; Radiação torácica; Ausência de filhos;  Menstruação precoce; Menopausa tardia;  Reposição hormonal; Colesterol elevado; 

Existem alguns sintomas que devem ser observados, embora o câncer de mama seja geralmente assintomático. Dor mamária, vermelhidão ou descamação no mamilo e na pele da mama, nódulo seco na axila, secreção com sangue no mamilo, mudanças no tamanho da mama, inversão do mamilo e até perda repentina de peso são sinais de alerta para procurar um especialista. Atualmente, o diagnóstico conclusivo acontece por meio de biópsia. Inicialmente, a maneira mais assertiva de prevenir é a realização do autoexame pela paciente com frequência mensal e pelo menos uma semana após  a menstruação. Na presença de alguma anormalidade ou de nódulos, o médico deve ser consultado de imediato. O principal exame diagnóstico é a mamografia, obrigatória para mulheres a partir de 40 anos. O exame favorece a descoberta precoce, aumentando a chance de cura. Deixo bem claro que se há alguma suspeita de nódulos ou aumento de incidências da doença na família, a mamografia poderá ser realizada em mulheres mais jovens. Outros métodos de detecção são a ecografia mamária - que diferencia cistos de nódulos - e a ressonância magnética. Tratamento

O tratamento geralmente é multidisciplinar e depende do tipo histológico e do estágio da doença.  O do tipo localizado (radio e cirurgia) é indicado quando o tumor se aloca nas mamas, sem afetar outras áreas do corpo. Por sua vez, tratamentos sistêmicos como a quimioterapia, a terapia hormonal e a terapia alvo são os mais indicados quando existem células cancerígenas em outras partes do corpo. Os esquemas de tratamento do câncer de mama dependem fundamentalmente do tipo de câncer, do estágio da doença como também do estado geral de saúde do paciente. O mais importante é buscar um corpo médico especializado, do cirurgião ao psicólogo, se necessário for. 

.
Outubro Rosa (2)

É Outubro e a cidade se veste de rosa em prol da mobilização internacional do combate ao câncer de mama. Além da Esplanada, monumentos e prédios, o restaurante Limoncello (402 sul), também está no clima pink, todo iluminado, para lembrar a palavra da vez: PREVENÇÃO!  

Além da iluminação externa e do jardim, o Limoncello preparou um mimo especial. Em parceria com a Due Brasília Vinhos, todas as mulheres serão recebidas com uma taça de espumante Casa Perini, com um lindo laço rosa, no almoço e no jantar até o final do mês de outubro. 

Para Fabiany Damasceno, proprietária da casa, "o outubro rosa é uma causa muito importante para nós, não poderíamos deixar de homenagear as mulheres, nosso público tão cativo". 

.
Gastronomia Solidária

A Eu Chef (408 Sul) vai unir gastronomia e responsabilidade social no projeto Gastronomia Solidária. A partir deste sábado, de 21/10, a casa abrirá sua cozinha para chefs da cidade, que vão ensinar a harmonizar e finalizar pratos elaborados com produtos da própria loja.   

A inscrição custa R$ 50,00 por pessoa a cada edição. O valor será integralmente doado para a ONG Sonhar Acordado Brasília, que atua com crianças e adolescentes carentes de instituições do DF, algumas delas voltadas a receber pequenos em tratamento de saúde.

As aulas serão sempre aos sábados, ao meio-dia, com um chef e um menu diferente a cada aula. Eles ensinarão o preparo de proteínas e acompanhamentos produzidos pela Eu Chef na técnica sous-vide (em que os alimentos são coccionados em embalagens próprias, preservando o sabor e os nutrientes). A estreia do projeto será neste sábado (21/10), com o chef argentino Sebastián Parasole, coordenador-geral do curso de Gastronomia do IESB e sócio-proprietário do Melhor Gourmet. 

Após o chef argentino, a casa receberá outros cinco chefs já confirmados para esta primeira etapa do projeto. Renata Carvalho, do Loca Como Tu Madre, em 28/10; o personal chef e consultor gastronômico Rodrigo Almeida, em 4/11; Lídia Nasser,  do Empório Árabe, em 11/11; Fernando Souza, da Dolce Far Niente, em 18/11; e o personal chef André Carvalho, proprietário da Odara, em 25/11.

As inscrições podem ser feitas na própria loja ou pelos telefones (61) 3554-2636 e (61) 3554-2637

.
Biquini de bolinha amarelinha

“O verão está chegando para a praia desce geral…” como já dizia o ritmo de Mc David, o calor vem aí. Em Brasília, as temperaturas já estão a níveis de rogar por um clássico copo de mate com limão, sal no corpo e pés na areia, mas enquanto aguardamos a passagem desses eternos dois meses que restam até o verão, que tal aproveitar o tempo para se familiarizar com as tendências que prometem “dar onda” em 2018? GPS|Moda fez uma ronda pelos modismos que garantem renovar o guarda-roupa de praia, e garantem o look “sereia tropical, vestida de areia e sal”.

 

Futvôlei

 

Praia combina com exercício, ponto. Seja numa partidinha de vôlei com os amigos, numa corrida rente às ondas, ou em uma série de abdominais em frente ao mar, a praia chama ao espirito fitness. Que tal então, unir o útil ao agradável com modelagens que funcionam tanto dentro das academias, quanto em cima da areia. Biquinis que remetem tops conversam bem com a bombada tendência athleisure, e estampas tropicais com inspiração botânica fecham perfeitamente o clima de verão.

 

Side to side

O modelo “ciganinha” já é sucesso consagrado nas araras, e na gaveta dos biquinis, não haveria de ser diferente. Em cortes minimalistas, como o usado por Kendall Jenner, a tendência ganha elegância incontestável. Se acompanhada de maior volume, a estética gipsy, também muito charmosa, entra em cena.

 

Corda Bamba

Vira e mexe, uma marca nova de swim wear aparece para mostrar que as coisas podem - e devem! - ser feitas de um jeito diferente. Este ano, a australiana Bamba lançou um modelo de top que deu o que falar. Uma meia taça radicalizada, o biquini promove suporte sem igual, além de conversar com a tendência minimalista que tem inflamado o universo da moda praia nas últimas temporadas.

 

O novo cortina

O cortininha clássico você já conhece. Agora, a tendência para biquinis, saídas de banho, shortinhos, bolsas e acessórios também busca referência no item de decoração - entretanto, de uma forma bem diferente. As tassels, queridinhas na gringa, fazem alisão aos penduricalhos das clássicas cordas que amarram as cortinas. Pense em Scarlett O´Hara, e no vestido de veludo que reconquistou o olhar de Rhett Butler e incorpore sem medo.

 

Velho favorito

Clássico é clássico até na praia, não é mesmo? O jeans, queridinho mais democrático do universo fashion, tardou, mas chegou - é a hora definitiva do denim invadir as areias. A peça já fez a mala de jet-setters como Gigi Hadid, e não se engane - pode fazer o nariz torcer agora, mas até a chegada oficial do verão, o item promete ser sucesso peça desejo.

 

Fly high

 

Os anos 80 voltaram, e com eles, os famigerados biquinis asa delta. Beyonce, Kendall Jenner e Selena Gomez são algumas das muitas personalidades que já tornaram da peça item obrigatório no guarda-roupas. A modelagem, apesar de cair no desgosto de muitas - e no limbo de inúmeros closets - estrutura o corpo da mulher, e garante uma marquinha de bronzeado bem nostálgica.

 

Bons tempos

E já que estamos falando em décadas passadas, porque não deixar a inspiração correr solta e fazer como os grandes ícones de estilo - buscar em coleções antigas, achados que salpiquem um gostinho de “ontem” no bronze de hoje. Seja dos anos 50, estampados no modismo do vichy, dos 60, com a cintura bem alta e marcada, ou até da virada do milênio, cheio de monogramas, bem com carinha de anos 2000: a palavra de ordem é recriar.

.
Barbie na caixa

Os fios loiros já denunciam, mas as semelhanças que unem a blogueira e empresária Lala Rudge e a icônica boneca Barbie vão muito além da cor de cabelo. Unidos, os dois nomes tem poder, e pensando nisso, a influencer paulista se uniu à gigante americana para, juntas, lançar uma novidade sem igual. A parceria LBR Sport chega hoje, 20, às lojas da label La Rouge Belle - idealizada, concebida e capitaneada por Lala. Desenvolvida para as “Barbies” do universo fitness, a coleção capsula traz, entre tops, shorts, leggings e camisetas, 14 peças únicas com estampas exclusivas da colab. O evento de inauguração, que tomou conta do shopping JK Iguatemi, incorpora o universo pink feminino sem nenhum medo e muita pompa.

No encontro, as convidadas puderam se divertir fazendo cliques dentro de um gigante display de vidro, que faz referência as caixas da famosa boneca. A linha completa já está disponível no e-commerce da grife. Life in plastic, it´s fantastic!

 

 

.
A quatro patas

Passear com seu animalzinho de estimação e sair para fazer compras são dois dos hobbies preferidos do brasiliense. Que tal unir esses dois programas? O CasaPark entrou com tudo na onda pet friendly e agora abre suas portas para receber cães e gatos com mais comodidade. Entre as diversas adaptações que a novidade trouxe ao mall, o destaque vai para a abertura da Cobasi, pioneira no conceito de shopping para animais e uma das principais varejistas pet no país, marcada para o dia 25. Segundo a coordenadora de marketing do CasaPark, Josie Fedrigo, houve demanda por parte dos clientes para a mudança favorável aos pets, principalmente da vizinhança ao redor do empreendimento. Por coinciência, o mall foi procurado pelos responsáveis da MapaDog,  plataforma colaborativa de mapeamento de locais pet-friendly, que sugeriram uma consultoria ao local. "Com a chegada da Cobasi já sabíamos da necessidade de preparar o shopping para receber os animais, que viriam com os donos. A equipe do MapaDog está nos dando uma consultoria com todo o suporte necessário", conta Josie. Entre as melhorias que o shopping pretende trazer estão: • Aceitar pets nas operações gastronômicas; • Banheiro exclusivo com “Pet parking”, para que os donos possam ir ao banheiro e deixar seu animal esperando em segurança; • Disponibilidade de saquinhos higiênicos no mall; • Espaço para que os cães e gatos possam fazer suas necessidades; • Treinamento de toda a equipe (segurança e limpeza, por exemplo) para saber lidar com a nova rotina em caso de situações atípicas, entre outras melhorias. Regras para a entrada de animais no CasaPark • É permitida entrada somente de animais (cães e gatos) de pequeno porte (máximo 50 cm), exceto todas as raças de cães guia; • Os animais de pequeno porte podem andar no chão, mas precisam estar obrigatoriamente com coleira e guia para controle do cliente e segurança do público; • Nas escadas rolantes ou elevador do shopping os animais precisam estar no colo; • Os animais não podem subir nos móveis de lojistas e móveis do shopping; • Animais de outra espécie ou tamanho (médio ou grande porte) não podem ter acesso ao shopping; • Para dar mais conforto aos donos de cães e gatos de pequeno porte (até 50cm), o CasaPark coloca à disposição do público Carrinhos Pets. Com eles, cachorros, gatos e seus donos poderão passear com conforto pelo shopping. Para usar os carrinhos pet, basta apresentar um documentode identidade com foto no Concierge. Hora do (pet) shopping! A Cobasi Brasília Casa Park promete trazer aos consumidores todo o mix de produtos da varejista, composto por mais de 20 mil itens, nacionais e importados, para cães, gatos, aves, roedores, peixes, jardins, casa e piscina. Além dos produtos, será oferecido aos clientes os serviços de banho e tosa e clínica veterinária, por meio da empresa parceira S. Pet. Além disso, haverá uma entrada por trás do shopping em que será possível cães de maior porte terem acesso a loja. A inauguração faz parte do plano de expansão da Cobasi no Distrito Federal, que começou com a abertura da loja em Taquari, na subida do Colorado, em agosto. De acordo com Daniela Bochi, gerente de marketing da Cobasi, “a escolha do Casa Park para inauguração da segunda loja em Brasília foi por ser um conhecido centro de compras na região, frequentado por moradores de diferentes locais da cidade, com importantes varejistas, além de ser um local pet friendly”, explica. Cobasi Serviço Cobasi Brasília Casa Park Local: SGCV / SUL. LT 22 Bloco B – Zona Industrial de Guara Horário de Funcionamento: de segunda a sábado das 10 às 22h e aos domingos e feriados das 14h às 20h.

.
Sábado embalado

A turma que ama os eventos premium na cidade já pode se programar para mais um. No dia 18 de novembro, Preta Gil retorna a Brasília e é a grande atração de evento que vai trazer o projeto Baile da Preta para o badalado restaurante Oliver. A festa traz o selo do GPS|Brasília em parceria com as produtoras Qu4tro e DD2 e ainda Rodrigo Freire, proprietário do local. O formato do festão foi cuidadosamente preparado pelos parceiros. Além do conceito open food com a considerada “melhor paella da cidade”, do restaurante Oliver, os organizadores preparam ainda open bar de cerveja prime. Inúmeros drinks especiais poderão ser adquiridos em nas estações montadas para quem preferir a linha cool dos destilados. “Decidimos reunir grandes parceiros para a realização de mais um evento com conceito diferenciado. É um show private, com uma das cantoras mais animadas que conhecemos em um lugar com serviço e ambientação especiais, que vão garantir todo o conforto para o público”, explica Lucas Falcão, um dos produtores responsáveis. Esta é a terceira grande edição dos eventos que levam a marca do GPS|Brasília. As duas anteriores, o Brunch e o Sunset do GPS, ficaram marcados em Brasília como um dos melhores eventos da temporada. “É uma oportunidade que temos de confraternizar com nossos parceiros, nossos leitores num ambiente seguro e com serviço de qualidade”, completa Rafael Badra, diretor Comercial do GPS|Brasília. Além de Preta Gil e banda, a organização guarda em segredo outras grandes atrações que prometem embalar o público durante o evento. A aposta é de que algum DJ de renome esteja no headline do comando das picapes. A pré-venda, com ingressos a partir de R$ 200, será aberta a partir de 10 de outubro. Baile da Preta       Depois de rodar o Brasil inteiro com a turnê “Noite Preta”, Preta Gil criou o show “Baile da Preta”, que a cada vez tem conquistado mais o público brasileiro. No show, a cantora apresenta um repertório animado, composto por músicas próprias e muitos sucessos, como Sinais de Fogo, Stereo, Meu Corpo Quer Você, Eu Quero e Você Quer. A cantora não descarta ainda os  variados ritmos brasileiros que agitam o público, como funk, samba, axé, sertanejo e muito mais. “O Baile da Preta retrata a minha personalidade musical, meu ecletismo, meu gosto e meu respeito pela MPB, que pra mim, abrange desde Caetano Veloso e Gilberto Gil até Aviões do Forró e Psirico”, explica ela. Para acompanhar Preta Gil no show de Brasília, a banda é formada por Fabio Lessa (Baixo), Ricardo Marins (Guitarra), André Fernandes (Bateria) e Geovanni Andrade (Teclado).

Com 10 anos de carreira, Preta Gil gravou em 2013 o DVD Bloco da Preta, onde canta acompanhada da sua bateria, em clima carnavalesco. O DVD foi lançado no Carnaval de 2014, no desfile do bloco, no Rio, para mais de 500 mil pessoas. Com um show, num formato diferente do “Baile da Preta”, ela também tem feito esse show por todo Brasil. Serviço Paella da Preta by GPS|Brasília Festa Show com a cantora Preta Gil e atrações Sábado, dia 18 de novembro de 2017, a partir das 18h Restaurante Oliver (SCES Trecho 2 T- Clube de Golfe de Brasília) Pré-venda (limitada):  R$  200 1º Lote a partir de R$  250 *Valores referentes à meia-entrada e sujeitos à alterações sem aviso prévio Pontos de venda: Loja Bilheteria Digital da Central de Ingressos (Brasília Shopping) e Restaurante Oliver. Classificação: 18 anos Pré-venda a partir de 10 de outubro de 2017.

.
Todos os direitos reservados - 2014
Política de Privacidade
Termos e Condições
Anúncie Conosco:
SHIS QI 05, Bloco F, sala 122, Centro Comercial Gilberto Salomão
CEP 71615-560 - Brasília - DF - Brasil
Telefone: +55 (61) 3364-4512 | Email: info@gpsbrasilia.com.br